A Mina e os Mineiros de S. Pedro da Cova - Exposição, Filmes e Debate em 18 de Setembro na UPP

Em 1976, em São Pedro da Cova, estreou a série de curtas-metragens “São Pedro da Cova”, de Rui Simões. A obra, apresentada no XXVIII Festival Internacional de Cinema de Berlim (1977), integra três curtas metragens “O Museu”, “O que a Mina Deixou” e “Depois da Mina” que contam o processo de extração do carvão, desde a descoberta até ao produto final. Recuando a 1795, os filmes contam a história de um indivíduo que encontra carvão, enquanto cava. A descoberta desencadeia uma série de acontecimentos que se prolongaram até 1976, num documentário que retrata as vidas destruídas pelas minas e os danos irreversíveis na saúde dos milhares de mineiros, além da fome, desemprego, miséria e analfabetismo. Passados, 40 anos, Rui Simões regressou a S. Pedro da Cova, com o novo filme: “Do Carvão aos Resíduos. O Regresso a São Pedro da Cova”, estreado em abril passado.

Entretanto, a Junta de Freguesia de S. Pedro da Cova produziu o conjunto de fotografias “Foi assim à 40 anos” inspirada nas fichas dos mineiros e que visa demonstrar as tragédias vividas, a penumbra, a tristeza e a dureza das minas.

A UPP, no contexto da abertura do ano letivo, assinalará esses importantes acontecimentos culturais no dia 18 de Setembro, segunda feira, a partir das 16H00, com as as seguintes acções:

- Abertura da exposição "Foi assim há 40 Anos - que poderá ser visitada até 30 de Setembro

- Apresentação dos filmes “São Pedro da Cova” (1976) composto por três curtas metragens “O Museu”, “O que a Mina Deixou” e “Depois da Mina” e “Do Carvão aos Resíduos. O Regresso a São Pedro da Cova”, de 2017, realizados por Rui Simões.

- Debate com Rui Simões (realizador), Daniel Vieira (Presidente da JF de Pedro da Cova e autor do livro “Não podiam trabalhar com fome”) e António Oliveira Alves (direção da UPP).

ENTRADA LIVRE

Exposição coletiva de alunos da UPP

A Direção da UPP Universidade Popular do Porto tem o prazer de convidar os seus sócios e amigos e o público em geral para a inauguração da Exposição Coletiva dos Cursos de “Desenho e Pintura”, orientado pela Dr.ª Manuela Lobo, e de “Expressão Artística”, orientado pela Dr.ª Vera Rocha.

A inauguração terá lugar no dia 03 de julho, segunda-feira, pelas17,30h e está aberta ao público, nos dias úteis (10h-13h e 14h-18h), até 14 julho, na Rua da Boavista, 736, Porto (Metro: Carolina Michaelis).

Será servido um “Porto de honra”

Consulte a relação dos alunos no cartaz.

Tema:

CONVÍVIO DE VERÃO - Sábado, 8 Julho, 20H00

Venha ao convívio de verão da UPP, no agradável jardim da nossa sede.

Participe neste encontro de amigos da UPP, com churrasco e animação com muita música a cargo da Tuna d'os Voluntários de S. João da Madeira.

Inscreva-se

REINSCRIÇÃO E INSCRIÇÃO NOS CURSOS LIVRES 2017/2018

A exemplo dos anos anteriores, decorre o período reservado à reinscrição dos atuais alunos em horário diurno. Este período prolonga-se até 20 de junho.
As novas inscrições podem fazer-se a partir de 21 de junho.
Até 14 de julho, o valor da jóia de reinscrição ou de inscrição tem a bonificação de 50%.
O novo ano vai iniciar-se com a abertura das aulas a 15 de setembro de 2017.

A UPP precisa de todos nós e só com todos será cada vez maior! Este é um lugar onde gostamos de estar, onde o acesso ao conhecimento e o gosto de conhecer andam sempre de mãos dadas e para onde é um prazer TRAZER OUTRO AMIGO TAMBÉM!

CONTAMOS CONVOSCO!

CONVÍVIO DO FIM DO ANO LETIVO - 17 DE JUNHO

Passeio pela RIA DE AVEIRO,
da Murtosa à Torreira, em Barco Moliceiro. Paisagem única!
Almoço Convívio no Complexo Jardins da Ria (Torreira).
Música, Humor, Canções!
CONVÍVIO e PARTILHA DE AFETOS fazem parte da atividade da UPP enquanto espaço de reflexão crítica, de valores, ideias, causas, compromissos, criação, iniciativa e de transformação no sentido que um outro mundo melhor seja possível.

DEBATE: Impactos e desafios do envelhecimento no trabalho

Com Sara Ramos
Professora Auxiliar no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa
Psicóloga do Trabalho e Investigadora na área do Envelhecimento e Diversidade Etária no Trabalho

O envelhecimento demográfico em geral tem refletido as suas consequências na população ativa da maior parte dos países europeus, tendência à qual Portugal não constitui exceção. Esta realidade coloca desafios às sociedades e às políticas públicas mas também ao mundo do trabalho, às organizações e aos gestores de recursos humanos. Como manter uma força de trabalho cada vez mais envelhecida? Como potenciar a diversidade etária dentro das organizações? Como gerir a saída dos trabalhadores mais velhos das organizações? Como assegurar a transmissão de competências entre os trabalhadores mais velhos e os mais novos? Qual o papel das organizações e da sociedade na transição para a reforma e, consequentemente, na vida dos reformados? Estas são algumas das questões que serão exploradas neste debate.

Data: 
Quarta, Maio 31, 2017 - 18:00

Páginas

Subscribe to Universidade Popular do Porto RSS