CICLO DE CINEMA “Caminhando para Abril…”

A UPP associa-se ao 40º aniversário da Revolução de 25 Abril com o ciclo de cinema “Caminhando para Abril…”. Quatro filmes de quatro autores que nos levam pelos caminhos da ditadura e da revolução. Usando todos eles, como base, fontes documentais que adquirem outras possibilidades de leitura através da linguagem cinematográfica, somos levados pelos caminhos das prisões políticas, das cartas dirigidas a Salazar, da trilogia “Deus Pátria Autoridade” defendida pelo “Estado Novo”, da alegria revolucionária vista pelos olhares daqueles que de longe nos vieram visitar.

3 DIAS NO ALENTEJO - Últimos dias para a inscrição

Visita a Mértola e a Castro Verde.
Três dias de contacto com o património, a beleza natural e os sabores e aromas de duas das mais características cidades do Alentejo.

Inscrições e informações:
Secretaria da UPP
10h às 13h | 14h30 às 18h30
Rua da Boavista, 736 – 4050-105 PORTO
226098641 - geral@upp.pt

PERCURSOS DA RESISTÊNCIA AO FASCISMO NO PORTO

A partir das «Bases para um Roteiro da
Resistência ao Fascismo no Porto, 1926-1974»,
recentemente editado pela URAP - União dos
Resistentes Antifascistas Portugueses, pretende-se
conhecer espaços marcantes da cidade do
Porto. Estes percursos serão orientados
para revisitar um passado em que se pretende
despertar memórias que permitam ultrapassar
as limitações de narrativas de vivências
individuais e olhar para a cidade como um
espaço público de representação do pulsar da
resistência a uma ditadura, com os seus locais

CURSOS LIVRES 2014/2015

Abertas as inscrições para o ano lectivo de 2014/2015.

3 DIAS NO ALENTEJO

Quinta, Setembro 25, 2014

Visita de estudo a Mértola, vila museu, e a Castro Verde, uma janela sobre a planície.
Seja alentejano por três dias

É o Amor - Filme de João Canijo na UPP

No âmbito das comemorações dos seus 35 anos, a UPP apresenta esta terça- feira, dia 15 de Julho, às 21H30, na sua sede, o filme É o Amor, de Joao Canijo, um filme sobre o amor que acompanha um grupo de mulheres de Caxinas no seu dia-a-dia e a sua relação com os pescadores cimentada na confiança e na dependência recíprocas e essenciais para a sobrevivência.

Tema:

Data: 
Terça, Julho 15, 2014 - 21:30

Páginas

Subscribe to Universidade Popular do Porto RSS