ASSEMBLEIA GERAL - Convocatória

A pedido do Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Manuel Macedo, publica-se, em anexo, a convocatória da Assembleia Geral da UPP Universidade
Popular do Porto a reunir em sessão ordinária, na sede social, na Rua da Boavista, 736, da cidade do Porto, na Quinta-feira, 28 de Abril de 2021, pelas 17 horas e 30 minutos, com a seguinte ORDEM DE TRABALHOS:
1. Ratificar a admissão de novos associados efetivos;
2. Deliberar sobre o Relatório de atividades e as contas da Direção do ano de 2020 e a Proposta de Aplicação de Resultados;
3. Deliberar sobre a Proposta de Plano de Atividades e a Proposta de Orçamento para o ano de 2021;
4. Informações diversas

Data: 
Quarta, Abril 28, 2021 - 17:30

À CONVERSA COM RITA TABORDA DUARTE - VIDEOCONFERÊNCIA, 8 ABRIL

"A Universidade Popular do Porto à conversa com escritores" terá como convidada no dia 8 de Abril, quinta-feira, às 18H00, a escritora Rita Taborda Duarte. Nesta conversa, que visa conhecer a autora e a sua obra, o interlocutor será o também escritor e crítico literário José António Gomes.

A participação é livre, ainda que sujeita a inscrição prévia com envio de email para upp.secretaria@gmail.com

Rita Taborda Duarte, escritora, crítica literária e professora na Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa, nasceu em Lisboa, em 1973. O seu magnífico livro de poemas ilustrado As Orelhas de Karenin (Abysmo, 2019) foi finalista do Prémio Correntes d’Escritas 2021; publicou ainda Elogio do Outono (Homem do Saco, 2014), Roturas e Ligamentos (Abysmo, 2015) e outros volumes de uma poesia extremamente pessoal, em que se projeta a condição da mulher na sua relação com o outro, com o mundo, e se reflete sobre a própria escrita.

A Verdadeira História de Alice (Caminho, 2004), prémio Branquinho da Fonseca Expresso/Gulbenkian, foi apenas o primeiro de uma assinalável série de títulos de excelente qualidade, no campo da literatura para a infância e a juventude, livro selecionado para o Plano Nacional de Leitura tal como outros que publicou. Destaquem-se os últimos: O Leão sem Juba, o Elefante sem Tromba e a Casa sem Telhado (Caminho, 2020), Um Hotel de Imensas Estrelas (FEC, 2019) e Animais e Animenos e outros bichos mais pequenos (Caminho, 2017). Um conjunto em que o humor marca presença e em que se aborda o crescimento, a socialização, a superação dos medos, impondo a autora como uma das vozes mais originais, em Portugal, nesta área da criação.

Ficheiros: 
Data: 
Quinta, Abril 8, 2021 - 18:00

APOIE A UPP COM 0,5% DO IRS SEM ENCARGOS

APELO:

Apoie a UPP com 0,5% do IRS sem quaisquer encargos para si.
Para isso basta escrever no quadro 11 do modelo 3 o NIF da UPP: 501 766 308

A Lei 7-A/2016 confere aos contribuintes a decisão de consignarem 0,5% do valor liquidado em sede de IRS a uma Pessoa Coletiva de Utilidade Pública, que desenvolva atividades de natureza e interesse cultural, como é o caso da UPP UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO.
Assim, na sua declaração de IRS, indique o NIF 501 766 308 no campo reservado à “consignação fiscal”, permitindo que, sem quaisquer encargos para si, 0,5% do imposto liquidado seja destinado, pelo Estado, à UPP.
Mas, atenção, esta indicação tem de ser feita por si, mesmo que utilize a declaração automática.
Junte-se a nós numa nova forma de apoiar os projetos que a UPP desenvolve em nome de uma sociedade mais solidária.
É para esse objetivo ambicioso que apelamos e, se possível, o divulgue junto dos seus familiares e amigos.

DIA DA TERRA PALESTINA - SESSÃO EVOCATIVA POR VIDEOCONFERÊNCIA

Realiza-se no dia 29 DE MARÇO (SEGUNDA-FEIRA), às 18,00 horas, uma Sessão Evocativa por videoconferência do DIA DA TERRA PALESTINA, numa iniciativa conjunta da UPP - Universidade Popular do Porto, do MPPM - Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente e do CPPC - Conselho Português para a Paz e Cooperação.

Antecedendo o debate entre os participantes, a sessão contará com:

Apresentação e moderação:
Katia Castro, Direção da UPP – Universidade Popular do Porto
Exibição do Documentário
«Como foi colonizada a Palestina» (22 minutos, legendado em português)
Intervenções:
Dima Mohammed, investigadora e professora universitária palestina
Jorge Cadima, Direção Nacional do MPPM
Ilda Figueiredo, Presidente do Conselho Português para a Paz e a Cooperação

Entrada livre, sujeita a inscrição prévia.
Inscreva-se com envio de email para upp.secretaria@gmail.com

Em 30 de Março de 1976 forças repressivas israelitas mataram seis palestinos cidadãos de Israel que protestavam contra a expropriação de terras propriedade de palestinos, no Norte do estado de Israel, para aí instalar comunidades judaicas.
Cerca de 100 pessoas ficaram feridas e centenas foram presas durante a greve geral e grandes manifestações de protesto que, nesse dia, ocorreram em diferentes localidades palestinas no território de Israel.
Desde então, a data é celebrada como o Dia da Terra Palestina, simbolizando a determinação dos palestinos — de ambos os lados da Linha Verde, nos campos de refugiados e na diáspora — de preservar a sua história e de defender a sua terra como elemento essencial da sua identidade e da sua própria existência como povo.
Quarenta e cinco anos volvidos, a situação do povo palestino não melhorou, antes se agrava todos os dias. Israel intensifica a colonização dos territórios ocupados em 1967, com recurso à coação e à violência, ao mesmo tempo que prossegue a limpeza étnica da população palestina em toda a Palestina Histórica.
Israel tem gozado da mais absoluta impunidade, tendo, até, um estatuto privilegiado no relacionamento com a União Europeia. Mas Israel não é um Estado «normal».
Para conhecer a verdadeira natureza do Estado de Israel, O MPPM e o CPPC, em colaboração com a UPP, convidam a assistir a esta conferência, seguida de debate.
PELO RECONHECIMENTO DO ESTADO DA PALESTINA!
PELO PRIMADO DO DIREITO INTERNACIONAL!
PELO FIM DA IMPUNIDADE DO ESTADO DE ISRAEL!

Data: 
Segunda, Março 29, 2021 - 18:00

ADIAMENTO DA ASSEMBLEIA GERAL DA UPP

Conforme informação do Presidente da Assembleia Geral da UPP que se anexa, a Assembleia Geral da UPP prevista para Março foi adiada "na sequência do estado de emergência e seguindo as orientações e as medidas preconizadas pela Direção Geral de Saúde e pelas autoridades de saúde regionais e locais, com vista à salvaguarda da saúde pública."

De acordo com a mesma informação, essa reunião será agendada logo que as medidas de confinamento o permitam.

VIDEOCONFERÊNCIAS SOBRE "OS PARAÍSOS FISCAIS" E "FRAUDES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA"

VIDEOCONFERÊNCIAS COM CARLOS PIMENTA, ECONOMISTA, PROFESSOR UNIVERSITÁRIO EMÉRITO DA FACULDADE DE ECONOMIA DO PORTO:

- OS PARAÍSOS FISCAIS, 18 MARÇO , QUINTA-FEIRA, 18h00
- FRAUDES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA, 25 MARÇO , QUINTA-FEIRA, 18h00

A UPP - Universidade Popular do Porto tem o prazer de anunciar para os dias 18 e 25 de Março duas conferências online sobre offshores e fraudes com a participação de Carlos Pimenta, autor de vasta obra sobre esses temas e sócio fundador do Observatório de Economia e Gestão da Fraude.

Para cada conferência será enviado previamente aos inscritos um texto introdutório sobre o tema.

Entre as duas videoconferências, na sessão de Cinema no Confinamento de domingo dia 21 de Março, será analisado o filme “Nada é Privado - O Escândalo da Cambridge Analytica”, com comentários dos participantes.

As videoconferências são de entrada livre ainda que sujeita a inscrição prévia com envio de email para upp.secretaria@gmail.com

Consulte no folheto ou no cartaz anexo os resumos programáticos de cada videoconferência.
INSCREVA-SE!

1 8 M A R Ç O , Q U I N TA - F E I R A , 1 8 h 0 0
b>Os Paraísos Fiscais
Os Paraísos Fiscais são espaços geográficos de sigilo e redução dos impostos pagos. Têm uma grande importância na atual fase da globalização. A sua existência é legal apesar de serem espaços de ilegalidade e de expansão da criminalidade organizada internacional.
Na apresentação procurar-se-á
• explicar o que são, como são e analisar o seu significado
hoje em termos qualitativos e quantitativos.
• Importância e significado na União Europeia e em Portugal.
• Como combater tal situação e possibilidades de sucesso.

2 5 M A R Ç O , Q U I N TA - F E I R A , 1 8 h 0 0
As Fraudes na Sociedade Contemporânea
Começando por caracterizar a fraude na apresentação, procurar-se-á mostrar como estamos rodeados de fraude por todos os lados e o seu impacto na vida quotidiana de todos nós.
As fraudes e as suas mudanças qualitativas ao longo dos anos.
Breve referência da pandemia sobre alguns tipos de fraude.
Debate sobre como combater.

Tema:

Curso de Introdução à Iniciação Musical

Muitas pessoas não tiveram no seu percurso de vida acesso a qualquer formação musical. Há amantes de música que não conhecem a linguagem nem a escrita musical, em particular muitos coralistas que gostariam de melhorar a sua formação e de ter ferramentas de leitura de partituras.

Por essas razões, a UPP - Universidade Popular do Porto decidiu promover um curso de introdução à formação musical que tem como objetivo a aquisição de conhecimentos sobre a linguagem musical e de competências para a leitura de pautas de composições de música coral.

O curso será orientado por Pedro Guedes Marques, que dirige o grupo Coral da
Universidade Popular do Porto, integrando simultaneamente o Coral de Letras da Universidade do Porto e o Coro base da Casa da Música.

O curso em 13 de Abril, terça-feira, às 17H00, terá uma aula semanal e decorrerá por videoconferência, durante quatro meses, havendo também aulas presenciais, para os participantes que o desejarem, quando a situação sanitária o permitir.

Conteúdos programáticos:
 O que é a música - a melodia, a harmonia e o ritmo.
 A pauta, notas musicais, claves, sustenido e bemol, tom e meio tom, noção de intervalo, escalas, acordes e compasso.
 Exemplos práticos de leitura de pautas.

Para mais informações, contacte a Secretaria da UPP pelos telefones ou email constantes no cartaz anexo.

Tema:

Páginas

Subscribe to Universidade Popular do Porto RSS